Notebook com transferência em andamento na tela
Como monitorar lentidão na transferência de dados da sua rede?

Entenda como o tempo para o envio da resposta completa, ou Data Transfer Time, impacta negativamente a qualidade dos seus serviços.

O Data Transfer Time (DTT) é uma métrica do Zerum Falcon relativa ao tempo para transferência da resposta de uma transação. Esse tempo corresponde à diferença entre o começo do envio do primeiro pacote dados pelo servidor e a chegada do último pacote de dados para o cliente. Um valor alto nesta métrica reflete problemas com o desempenho da aplicação.

Lentidão é um problema sério para usuários internos e externos.

Análise do aumento do Data Transfer Time

A largura de banda do servidor de aplicação, assim como retransmissões e zero windows, latência de rede e performance de cliente e servidor afetam diretamente o DTT. A observação de picos no DTT pode ser correlacionada com requisições simultâneas a vários aplicativos. Exemplos de análises desse aumento levam em consideração a distribuição dos aplicativos na rede e nos servidores.

Uma vez isolado o aumento de DTT a um servidor ou uma aplicação, devem ser revistos parâmetros para solucionar o aumento:

  • Se o aumento do volume de tráfego foi na hora do pico do DTT;

  • Se o Round Trip Time (latência) entre servidor e cliente ficou acima da média;

  • O aumento do número de retransmissões;

  • O número de clientes que se conectaram na hora;

  • Se o Server Processing Time aumentou junto com o DTT.

O redimensionamento da arquitetura como a instalação de servidores mais próximos dos usuários permite solucionar aumentos de DTT causados por alta latência. No Zerum Falcon, as métricas de transações são calculadas ao nível de nanossegundos, permitindo que nossos analistas monitorem seu ambiente e levantem insights valiosos para ajudar na evolução da sua infraestrutura – solucionando problemas como lentidão e má experiência do usuário.